quarta-feira, 30 de junho de 2010

Metrô ganha novo trem e terá horário de funcionamento estendido aos sábados



Ana Elisa Santana - Correio Braziliense
Naira Trindade
Publicação: 30/06/2010 11:09 Atualização: 30/06/2010 11:34
O governador do Distrito Federal, Rogério Rosso apresentou na manhã desta quarta-feira (30/6) o primeiro trem da nova frota do Metrô. Este é o primeiro de uma frota de 12 novos veículos, que deev estar completa até março de 2011.

Segundo Rosso, com o novo veículo - que transportará mil passageiros a cada viagem - haverá aumento de cerca de 15% na quantidade de pessoas que utilizam o transporte diariamente. A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), no entanto, divulgou apenas valores referentes a quando a nova forta estiver completa: o número de usuários subirá de 160 mil para 300 mil por dia.

Usuários que dependem do transporte aos sábados serão beneficiados. Os trens passam a circular das 6h às 23h30, como ocorre nos dias úteis. Aos domingos, permanece o horário atual, das 7h às 19h. O novo carro, no entanto, passará por testes e deve demorar, ainda, cerca de 30 dias para começar a atender a população.

Tecnologia
A nova frota do metrô não precisa de pilotos para entrar em funcionamento. No entanto, haverá sempre um profissional para fazer monitorar o sistema da máquina e também para realizar manobras. 

Serão investidos, ao todo, R$ 325 milhões na compra dos novos trens, na modernização da frota antiga e na compra de peças sobressalentes. Desses, R$ 260,3 milhões são financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e a diferença é paga pelo Governo do Distrito Federal.

Segurança
O governador assinou, ao lado do Metrô-DF e do diretor da Polícia Civil Pedro Cardoso, a criação de um grupo de estudos para analisar a demanda pela implantação de uma delegacia especializada no Metrô. O relatório deve sair em 30 dias e, caso seja apontada a necessidade de uma unidade, a delegacia funcionará na estação Shopping para centralizar as ocorrências ocorridas em trens e estações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário