sábado, 11 de abril de 2015

Metrô vai construir oito estações na Asa Norte a partir do ano que vem

07/04/2015 - Fato Online

A extensão do metrô para a Asa Norte, já faz tempo, é o sonho de muita gente que mora ou precisa se deslocar para aquela área do Plano Piloto. E o sonho não está tão longe de virar realidade. Hoje (7), a assessoria de comunicação da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) informou ao Fato Online que o edital de licitação para a construção da estação noHospital Regional da Asa Norte (Hran) já está em fase final e deverá lançado em junho deste ano e a assinatura da ordem de serviço para início das obras está previsto para o início do próximo ano. Outras sete devem ser construídas na Asa Norte. 

A primeira estação, em frente ao Hran, deverá custar R$ 70 milhões. A obra deverá ser concluída em 36 meses. A companhia estima em nove mil passageiros por dia a movimentação no novo terminal. A segunda estação será construída na 107 Norte, para atender os alunos da Universidade de Brasília (UnB). 

Para Vanessa Gomes, que mora em Águas Claras e toda semana precisa levar a filha cadeirante ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), se o Metrô tivesse uma estação próxima ao hospital, essa rotina seria menos difícil. "Nós enfrentamos sol e chuva na descida ou subida para a rodoviária", explicou. Além da distância, mãe e filha enfrentam a falta de acessibilidade no trajeto. 

Há mais de três anos vendendo lanches em frente ao Hran, Maria Vieira sai cedo de Ceilândia todos os dias. Além da falta do Metrô, a vendedora reclama do horário de funcionamento. "Deveria começar a funcionar pelo menos umas 5h30. Chego às 7h, mas queria chegar mais cedo. A população de Ceilândia cresceu muito, então, isso não justifica", comparou. 

Flávia Costa é estudante de turismo na UnB e utiliza o Metrô de Taguatinga até a Rodoviária. Para ela a extensão do transporte iria amenizar o corre-corre diário. "Minha mãe me deixa na metade do caminho aí pego e o Metrô e depois pego um ônibus para a UnB. O Metrô precisa de várias outras estações. Até o final da Asa Norte seria o ideal", destacou a jovem. 

O Metrô-DF tem 42,38 Km de extensão, 29 estações, mas 24 em funcionamento, conta com 32 trens e transporta em média 150 mil pessoas por dia. A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) informa que vai licitar a aquisição de 10 trens ainda este ano. Além disso, vai retomar as obras de estações inacabadas e ampliar a oferta de estações em Ceilândia e Samambaia. Os recursos para os investimentos vão partir do Ministério das Cidades, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

Três estações deverão ser concluídas daqui a dois anos na Asa Sul: nas quadras 104, 106 e 110. Mas, o Metrô-DF enfrenta dificuldades quanto à manutenção dos trens, conforme revelou o Fato Online. 

Fonte: Fato Online
Publicada em:: 07/04/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário