quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Presidente do Metrô-DF afirma que sistema precisa ser modernizado

28/01/2015 - Destak Jornal

Sistema está há anos sem novas linhas, trens são antigos e apresentam problemas na manutenção e operação
  
Falhas, falta de manutenção e superlotação do sistema
Falhas, falta de manutenção e superlotação do sist
créditos: Destak Jornal
 
Após a falha no motor de um dos vagões do Metrô do DF na estação Arniqueiras, em Águas Claras, que levou à paralisação do serviço na manhã de ontem, a Companhia do Metropolitano do DF (Metrô/DF) admitiu que o sistema é obsoleto.
 
Segundo o presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado, o sistema precisa ser modernizado. "Vivemos uma triste realidade. Faltaram investimentos no Metrô e, ao longo de muitos anos, não foi construído nenhum centímetro de trilho no DF", reconheceu.
 
Na última quinta-feira (23) após uma forte tempestade que caiu na capital, uma explosão e um princípio de incêndio foram registrados em um trem que circulava entre as estações Arniqueiras e Águas Claras. De acordo com o GDF, os acidentes foram causados por falta de manutenção e de renovação dos equipamentos.
 
Segundo o secretário de Comunicação e Mobilização do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do DF (SindMetrô/ DF), Webert Aires, três fatores contribuem para que incidentes voltem a acontecer. "Faltam peças e mão de obra para fazer a manutenção. Além disso, os trens são velhos".
 
Para tentar amenizar os problemas causados, a Companhia vai renovar os contratos de manutenção dos veículos e promete lançar, ainda neste semestre, um edital para compra de 10 novos trens, que devem entrar em circulação em dois anos. Serão investidos R$ 220 milhões vindos do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal. Também há previsão de ampliação do número de estações em Samambaia e Ceilândia, além da Asa Norte.
 
Atualmetne, o sistema conta com 32 trens, mas somente 24 operam. Cerca de 140 mil usuários utilizam o transporte por dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário