quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Metrô DF tem novo sistema de manutenção

30/08/2011 - Revista Ferroviária

Está funcionando há dois meses o novo programa de gerenciamento de manutenção da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô DF).  O programa foi apresentado durante a 29ª reunião do Grupo Permanente de Autoajuda na Área de Manutenção Metroferroviária (GPAA), no início de agosto.

O antigo gerenciador não tinha algumas informações necessárias para o controle de manutenção do metrô, como campo para inserir número de série dos equipamentos, relação de frotas antigas e novas, entre outros. Para preencher as lacunas, o novo sistema foi desenvolvido pela Enge Companhy e está em teste.

O programa é utilizado no gerenciamento das manutenções corretiva e preventiva, através de ordens de serviços para controle das mesmas e apontamento do que foi executado.  O sistema inclui todos os processos de manutenção como programações de tarefas automatizadas, monitoramento de desgaste de materiais, ajustes e controles de equipamentos em diversos níveis. E contempla ainda o controle de almoxarifado, tanto de suas rotinas básicas como tarefas de oficinas e reparação externa.  As aplicações englobam as áreas de material rodante, sinalização, controle e telecomunicações, edificações, via permanente, energia, ventilação, contemplando também outros sistemas utilizados como elevadores e escadas rolantes.

Durante a reunião do GPAA também foi realizada uma vídeoconferência, com a participação do diretor de engenharia do Metrô de Lisboa, Francisco Cécio. O diretor do sistema português falou sobre os comitês técnicos da UITP, que reúnem representantes de boa parte dos países europeus e alguns de fora da Europa, como o Metrô de Hong Kong, e fazem reuniões ao longo do ano, sempre na sede de algum metrô europeu. Na conversa, Cécio convidou o GPAA para participar dos comitês da UITP, entendendo que o grupo é capaz de centralizar as informações da América Latina.

O GPAA existe há mais de 10 anos e tem como objetivo debater assuntos relacionados à manutenção metroferroviária. Durante os encontros, os participantes apresentam situações dos sistemas e realizam visitas técnicas para conhecer as estruturas dos sistemas brasileiros.

Um comentário:

  1. O GPAA é uma grande criação e uma preciosa ferramenta ferroviária a disposição do País, e tão logo da Europa e do mundo.
    Um grande abraço aos pioneiros e em especial ao Fernandinho.

    ResponderExcluir